1980 – Iron Maiden

ironmaiden22

Um álbum bem “cru” em relação a mixagem, como disse o próprio Steve Harris “parece que Will (Malone, produtor do álbum) sentou e ficou comendo enquanto o CD rolava, nem mixou nada”. Este CD foi sucesso de crítica apesar deste erro pois soa com um álbum bem “punk” da época.
Em relação as músicas, não há como citar uma ou outra, o álbum é por completo um grande sucesso da donzela, infelizmente atualmente apenas a música “Iron Maiden” é tocada em shows, com exceção de shows e turnês especiais.

Na primeira prensagem a música “Sanctuary” não constava no álbum britânico para poder valorizar o single lançado pouco tempo depois, no álbum americano constava como faixa 7, single que aliás teve muitos problemas com sua capa por mostrar Eddie (mascote da banda) matando a primeira-ministra britânica da época Margareth Thatcher, a música foi incluída na remasterização lançada em 1998, versão esta que também teve sua capa mudada, trazendo a capa original editada por computador. “Sanctuary” também é uma das músicas que é tocada em muitos shows

Data de lançamento: 14 de Abril de 1980

UK Chart Positon: 4

Versão original britânica

1. “Prowler” – 3:55
2. “Remember Tomorrow” – 5:27
3. “Running Free” – 3:17
4. “Phantom of the Opera” – 7:20
5. “Transylvania” – 4:05
6. “Strange World ” – 5:45
7. “Charlotte the Harlot” – 4:12
8. “Iron Maiden” – 3:35

Versão original americana

1. “Prowler” – 3:52
2. “Remember Tomorrow” – 5:27
3. “Running Free” – 3:14
4. “Phantom of the Opera” – 7:05
5. “Transylvania” – 4:06
6. “Strange World” – 5:40
7. “Sanctuary” – 3:12
8. “Charlotte the Harlot” – 4:10
9. “Iron Maiden” – 3:31

Versão de 1998

1. “Prowler” – 3:54
2. “Sanctuary” – 3:13
3. “Remember Tomorrow” – 5:28
4. “Running Free” – 3:16
5. “Phantom of the Opera” – 7:20
6. “Transylvania” – 4:05
7. “Strange World” – 5:45
8. “Charlotte the Harlot” – 4:12
9. “Iron Maiden” – 3:35

2 Respostas to “1980 – Iron Maiden”

  1. Eu acho os primeiros álbuns do Iron Maiden os melhores, com relação ao estilo que os fizeram entrar na música. Não considero “punk”, mas sim NWOBHM, que é bem diferente de punk, embora tenha surgido na mesma época e com a mesma vontade de revolta.

    Dos mais novos, curto o Brave New World.

  2. Gustavo Cavalcante Says:

    Nao sei pq falam q ele é pior q o Killers, muito pelo contrario, ele é uns degrau acima melhor q o Killers, q tem as podres Purgatory e Twilight zone.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: