NOVO SITE

Posted in Sem categoria on julho 14, 2012 by Jairo Mira

Atenção amigos!

Já faz alguns meses que este site não está sendo atualizado mais.

O Page of Mind possui um domínio próprio e agora você deve acessar pelo link abaixo

Obrigado!!

PageofMind.com

Dave Murray: “Possivelmente terá outro álbum, mas não ano que vem”

Posted in NEWS on abril 12, 2011 by Jairo Mira

O jornalista Joel Weiss do site Creative Loafing recentemente conversou com o guitarrista Dave Murray do IRON MAIDEN sobre o show em Tampa no próximo fim de semana. Entre outros assuntos, Dave disse que foi bom para a banda ser reconhecida pelo trabalho ao ganhar o Grammy e que possivelmente a banda fará outros álbuns, mas nada para o ano que vem (ano que os fãs aguardam uma nova turnê especial do relançamento do vídeo “Maiden England”). Veja:

Vocês visitaram  Flórida há dois anos, pela primeira vez desde 1995. O  show  de  domingo  será  a primeira vez que vocês voltarão em Tampa desde 1988. Por que levou tanto tempo para voltarem aqui?

Eu não sei porque, realmente. Eu sei que faz um bom tempo. Tocar na Florida na última turnê foi fantástico. Esses locais meio que ficaram parados no passado, mas nós estamos fazendo de tudo para voltarmos a eles. Estivemos em Ft. Lauderdale alguns anos atrás e agora de volta para esses dois shows na Flórida. Então, nós estamos correndo atrás.

O show da Florida é o último desta parte da turnê, e também estão voltando a Tampa depois de 23 anos, como citamos acima. Alguma surpresa para nós?

Muito mudou em 23 anos, os fãs tem que esperar muitas surpresas! Acho que com a programação, estamos trazendo um show espectacular. Vamos levar tudo o que pode caber no Ed Force One. Vai ser um grande show. Obviamente o cenário e a produção são focadas no novo álbum com algumas coisas clássicas. Na verdade, vamos voltar ao primeiro álbum até chegar ao álbum atual, com todos os espaços no meio. O último show desta parte da turnê vai ser muito divertido. Muita energia. Mas será um dos destaques, pois é o último show. Será certamente algo especial.

Depois de muitos anos sendo praticamente ignorados pela mídia americana, o que o prêmio de ” Melhor Performance de Metal” dada pelo Grammy Award para a música “El Dorado” significa para vocês?

Nós fomos indicados uns anos atrás por ” The Wicker Man”. Nós estávamos cientes disso, mas não é uma coisa que definiria o IRON MAIDEN. Nós sempre fizemos as coisas da nossa maneira, em tours, fazendo álbuns. É um ótimo elogio ser reconhecido e ter esse prêmio – é o sonho de qualquer banda ganhar um prêmio. É maravilhoso só o fato de ser uma banda e tocar para o nosso publico. Nós estamos muito orgulhosos disso, nós estamos por aqui já faz um tempo, obviamente alguém notou que estamos por aqui por um tempo – talvez isso acontecesse na direção certa. Não tenho certeza de quem vota nessas coisas. Ultimamente, os fãs do IRON MAIDEN que são nossa prioridade. Eles vêm primeiro.

Desde que a última formação da banda mudou quando o vocalista Bruce Dickinson e o guitarrista Adrian Smith voltaram para a banda, eu acho que essa é o período mais longo na historia da banda onde a mesma formação esta tocando junta. Como isso afeta a química da banda e as composições de músicas?

É verdade. E é assim que a banda continuara existindo. EU não consigo vê nenhuma mudança. Ultimamente é a melhor formação da banda porque se estende para quando o Adrian estava na banda com os primeiros álbuns. E obviamente quando Bruce estava na banda, então é claro a melhor formação e a mais criativa que o IRON MAIDEN teve. Tudo se encaixa muito bem. E quanto a pesquisas e composição, tudo se encaixa perfeitamente. Nós só sentamos e conversamos e compomos nossas músicas. Nós não mudaremos mais. É isso – eu acho que estamos muitos certos para dizer isso. E também, é minha formação favorita, e também dos outros caras. Todos têm uma oportunidade para tocar e se divertir com o que estão fazendo.

” The Final Frontier” saiu há menos de um ano. Alguma novidade sobre o próximo álbum?

Muita parte do tempo você planeja o futuro e algumas coisas tentem a ficar no meio do caminho. No momento eu acho legal se focar no aqui e agora. Nós estamos em tour, nós teremos outros agora no verão e depois todos nós precisaremos descansar. Possivelmente terá outro, mais é difícil dizer no momento. Definitivamente não será ano que vem. Eu acho que uma vez que sentarmos, e todos estiverem afim – isso é o mais importante – nós faremos algo.

Como a internet impactou o IRON MAIDEN, uma banda conhecida por grandes shows de rock? Todo o ensaio que vocês fizeram e o set-list cai na rede em todos os shows. Como você se sente sobre isso? Você acha que isso tira a surpresa para os fãs?

Eu sei que os fãs algumas vezes estão com seus telefones e câmera de vídeos e compartilham no Youtube antes mesmo de chegarmos ao hotel. Não há muito que possamos fazer sobre isso. É como as coisas são. Sim, isso tira o elemento da surpresa. Se eles querem saber exatamente quais musicas tocaremos é só continuar assim. É um sinal dos tempos. As pessoas querem tudo, por causa do e-mail e outras coisas, as pessoas querem tudo e rápido. Agora, agora ,agora. Você não pode negar a existência disso ou ficará para trás. Eu acho que se equilibra no final. Provavelmente terá menos cd´s vendidos ou pessoas em lojas de cd´s, mas ao mesmo tempo eles estão fazendo download pelo iTUnes – onde você pode fazer o download legalmente se você quiser. E as pessoas compartilham suas listas de músicas livremente pela internet com seus programas de compartilhamento e tudo. Eu acho que você só deve aceitar isso, e a única forma de fazer isso é sair e fazer tour e álbuns. Não há muito a fazer sobre isso na verdade.

.

Entrevista completa (em inglês): Creative Loafing

DVD ao vivo já começará a ser mixado

Posted in NEWS on abril 11, 2011 by Jairo Mira

O produtor Kevin Shirley, que faz as mixagens dos álbuns do IRON MAIDEN, esteve na América do Sul acompanhando os shows da banda pelo continente e confirmou através de seu Facebook nesta segunda (11) que já está a caminho de seu estúdio para mixar o DVD ao vivo da banda, gravado exatamente na América do Sul. Veja:

“Adeus América do Sul e obrigado a todos que vieram até mim e disseram “Olá” e tiraram fotos, etc. Foi uma maratona fantástica de shows. O público em Santiago na noite passada foi inacreditável, me diverti muito assistindo do lado do palco! Estou voltando para Los Angeles hoje à noite para começar a mixar o DVD!”

Agora é só aguardar os detalhes do lançamento, que provavelmente só deve sair em 2012

Nota sobre entrevista do Steve Harris

Posted in NEWS on abril 11, 2011 by Jairo Mira

“Em respeito aos fãs e leitores do blog venho esclarecer certos pontos sobre a matéria da entrevista com o Steve Harris, em que ele cita a mudança de set-list.

Realmente Steve falou que a banda havia preparado outras canções para o show, mas em nenhum momento deu a certeza de que essas tais canções seriam tocadas.

Logicamente, na cabeça de um fã, como eu, a frase “preparamos novas canções” caiu como a certeza de um novo set-list, pois obviamente, apesar de não estar nos citados shows, seria legal ver registrada oficialmente uma ou outra música que não estava presente no set-list até então, principalmente do álbum “A Matter of Life and Death”, que ainda não tem um DVD oficial.

Essa interpretação que eu tive muitos outros tiveram, inclusive essa notícia foi veiculada no fórum oficial da banda, com várias respostas sobre nomes de músicas que entrariam, por isso a notícia teve tanta repercusão, mas acho que devo aqui pedir sinceras desculpas pelo título e empolgação da notícia que na verdade deveria ser interpretada por cada leitor

Obrigado aos tantos que seguem nosso blog”

Jairo

Veja o set-list do show do Chile e do próximo DVD

Posted in NEWS on abril 10, 2011 by Jairo Mira

O show do IRON MAIDEN no Chile estava sendo muito aguardado pelos fãs por conta de uma entrevista de Steve Harris em que dizia que o set-list mudaria, que haviam preparado algumas canções diferentes para o show. Mas não foi isso que aconteceu, a banda fez uma grande apresentação, com 2 horas de duração, mas tocou o mesmo set-list apresentado nos shows anteriores e frustou muitos fãs. Veja o set-list tocado na cidade de Santiago e que será o tracklist do novo DVD:

01 – Satellite 15.. The Final Frontier

02 – El Dorado

03 – 2 Minutes To Midnight

04 – The Talisman

05 – Coming Home

06 – Dance Of Death

07 – The Trooper

08 – The Wicker Man

09 – Blood Brothers

10 – When The Wild Wind Blows

11 – The Evil That Men Do

12 – Fear Of The Dark

13 – Iron Maiden

——–ENCORE——–

14 – The Number Of The Beast

15 – Hallowed Be Thy Name

16 – Running Free

Shows da Argentina e Chile serão maiores e com set-list diferentes

Posted in NEWS on abril 6, 2011 by Jairo Mira

O site da Radio Futuro do Chile fez uma entrevista exclusiva com o baixista Steve Harris. Harris contou que o IRON MAIDEN fará mudanças no set-list dos shows da Argentina e do Chile por conta de serem as gravações para o próximo DVD. Veja:

“Esta será a sexta vez que vocês tocarão no nosso país. Já sentem como uma segunda casa?

O Chile sempre foi fantástico. Onde quer que estejamos no mundo, escontramos com pessoas do Chile. É um lugar muito especial

Vocês tocarão o mesmo set-list já apresentado na ‘The Final Frontier World Tour’?

Steve Harris: O set-list que estamos tocando é basicamente o mesmo para toda a turnê, que muitos já viram na internet. Os shows que faremos no Chile e na Argentina serão os mesmos, mas estes dois shows serão especiais, serão gravados. Por isso, nós preparamos mais canções e um aumento da produção. Então, serão shows especiais e longos”

Os shows do Chile e Argentina serão gravado para um DVD. Vocês tem tudo pronto? Conte-nos detalhes …

Sim. Nós temos tudo pronto. Iremos gravar os dois shows (Chile e Argentina). Usaremos imagens de ambos. Chilenos e Argentinos têm dado uma grande força para nós, e agora queremos mostrar mais do que o público para o mundo. Nós já tínhamos gravado lá para o filme “Flight 666″, mas apenas uma música de cada país, agora mostraremos muito mais do público dos dois páises. Onde quer que vamos, sempre nos perguntam quais são os melhores públicos, e sempre respondemos que são da América do Sul. Chile, Argentina e Brasil. Agora nós poderemos mostrá-los. Eu sempre pensei que se pudéssemos levar o público com a gente, seria desses países. O resto dos fãs sempre reagem bem com os sulamericanos, algo para se inspirarem.

Quantas câmeras vão registrar o Estádio Nacional?

Acho que vai ser cerca de 10 ou 12. Eu sempre estive envolvido na produção e direção de nossos shows desde o início, mas agora temos uma grande equipe muito boa, os caras que fizeram o documentário “Flight 666″. Eles é que são responsáveis ​​pelo registro dos shows, então pelo menos para mim, é um grande alívio.

Vocês cancelaram os shows em Tóquio pelo terremoto no Japão. O que você lembra daquele dia, quase aterrisaram?

Foi muito assustador, porque estávamos apenas há 9 minutos da aterrisagem, e nós tivemos que desviar para Nagoia. Chegamos uma hora atrasados mesmo, então não notamos qualquer problema na superfície quando isso aconteceu. Acho que fomos muito felizes. Foi muito, muito terrível. Na época, não sabia como era ruim. Quando chegamos na cidade de Nagoia, esperamos cerca de 4 ou 5 horas, não sabiamos onde nós estávamos, havia muita incerteza, muito caos. Muito assustador. Ficamos em Nagoia para dormir e no dia seguinte viajamos para o Havaí, onde havia um alerta de tsunami. Foi muito assustador e triste o que aconteceu.

Falando de desastres, sabemos que vocês estão cientes do que aconteceu aqui no Chile, com o terremoto de 27 de fevereiro do ano passado…

Sim, eu segui passo a passo. Eu lembro que era muito assustador, nós nos preocupamos com vocês, e seguimos o que aconteceu com os mineiros. As coisas aconteceram. É muito preocupante, mas temos de escolher a vida e se divertir. É o que fazemos.

Você foi censurado pela igreja católica aqui em 1992. E agora, a igreja é desafiada pelos casos de pedofilia. O que acha?

Acho que esse problema não é só no Chile, mas em todo o mundo. Eu acho que você deve prestar atenção com mais freqüência.

Voltando ao show… Finalmente tocarão no Estádio Nacional. Como um fã de futebol, o que está sentindo?

Acho que todos nós sabemos o quanto eu amo o futebol, por isso não é difícil tocar lá para mim.

Você está ciente do que acontece com os jogadores chilenos? Você sabe de uma possível transferência do jogador Alexis Sanchez para o Manchester City?

Nós sempre vemos as coisas que vão para os canais de todo o mundo. As ligas nacionais em vários países. E não, eu não ouvi falar de transferência. Só ouvi a uma especulação sobre a notícia. Quando fazemos turnês, recebemos muitos jornais em Inglês, então eu tenho que traduzir as notas.”

“Big Eddie” foi uma grande sorte dos fãs sulamericanos

Posted in NEWS on abril 1, 2011 by Jairo Mira

Parece que os fãs da América do Sul tiveram uma grande sorte com o famoso “Big Eddie” que apareceu nos shows de SP e RJ. Isso porque o boneco gigante ficaria pronto apenas para a turnê europeia, no meio do ano, mas foi entregue antes e a banda conseguiu um frete para trazê-lo aos shows do nosso continente. Isso foi dito por Todd, do “crew” da banda, que está fazendo um diário de toda a turnê, lançando a cada vez como foi o show em cada cidade. Todd também confirmou que os shows de Buenos Aires e Santiago serão filmados para o próximo DVD. Vale lembrar que Bruce Dickinson disse no show de SP que ele também estava sendo gravado para o DVD. Veja o texto de Todd:

“Durante o show eu me posicionei para obter um bom ângulo sobre a revelação do “Big Eddie”. Esta foi a primeira vez que ele foi visto e é incrível, simplesmente enorme. Foi preparado para os enormes festivais e estádios da turnê européia, mas ficou pronto mais cedo e a banda decidiu trazer para São Paulo para usá-lo nesse show muito especial e também para quando fizerem as filmagens dos shows em Buenos Aires e Santiago . Ele também foi exibido no Rio, que estava por perto, mas é claro que ele não cabe no avião e não pode ser transportado para os todos os shows do Brasil. Depois do show de Santiago, o “Big Eddie” tem que voltar em um navio de volta para a Europa e chegar a tempo para o show da Alemanha no final de maio. Logo que a cabeça maciça espiou para fora, todo o público se amassou em direção ao centro para vê-lo. Suas expressões eram de alguém que tinha visto um show ao vivo pela primeira vez. Como eu também não o tinha visto ainda, eu estava ali de pé em reverência. Incrível!”

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.